PAGAMENTOS POR MBWAY! SAIBA MAIS.
logo planta
sean oulashin KMnVEeEPR unsplash
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter

É dia de ação pelos oceanos

Há exatos 35 anos, nos Estados Unidos, iniciou-se o Dia Internacional de Limpeza Costeira.

O evento, que agora já ocorre em mais 100 países em simultâneo, se dá todos os anos no terceiro sábado de setembro, quando milhares de voluntários se juntam para recolher e documentar o tipo de lixo que se aglomera nas zonas costeiras. Os dados recolhidos na iniciativa são depois usados pela Ocean Conservancy, organização sem fins lucrativos idealizadora do evento, para pesquisas e relatórios sobre poluição nas praias, busca de soluções e para sensibilizar as pessoas para o problema do lixo marinho. O propósito da ação é também chamar a atenção e movimentar pessoas a tomarem uma ação participativa em prol do ambiente, além de apelar a comportamentos preventivos nas praias para evitar novos dejetos.

Os nossos oceanos são um verdadeiro sistema de sustento à vida do planeta. As pessoas, os animais, as plantas e muitos outros organismos dependem de oxigénio para sobreviver e, cobrindo 71% da superfície da Terra, são os oceanos que produzem pelo menos metade desse oxigénio. Cerca de mil milhões de pessoas são alimentadas pelos mares, que fornecem pelo menos um sexto de toda a proteína animal que ingerimos. Os oceanos também desenvolvem um papel crítico na redução dos impactos da mudança climática ao absorver o dióxido de carbono da atmosfera. E ainda são uma popular fonte de lazer.

No entanto, estima-se que de 5 milhões a 12 milhões de toneladas de plástico, na maioria plásticos, vão parar nos oceanos todos os anos, matando milhões de animais entre peixes, focas, baleias, tartarugas e aves marinhas. Porque aquilo o que vemos nas praias é mesmo uma ínfima parcela do que se esconde sob as águas. O lixo no oceano tem consequências graves para todos nós, e é por isso que precisamos da ajuda de todos para resolver essa crise.

A data do evento não foi escolhida ao acaso, mas pensada para coincidir com o final do verão, que é quando as praias, lagos e rios recebem um aumento significativo de visitantes e, por consequência, acabam ficando mais poluídos.

Como se envolver?

Nesse dia as pessoas vão para as praias para coletar todo o lixo que encontram. Levar amigos para ajudar, postar nas suas redes sociais para criar consciência e convidar outras pessoas. Para quem está longe dos oceanos, rios e lagos também precisam de limpeza. E pode sempre fazer doações às entidades locais que ajudam na conservação e limpeza marinha.

A Ocean Conservancy também disponibiliza uma aplicação onde podemos registar o lixo que recolhemos e a distância percorrida, partilhando com a organização os resultados da coleta.

De acordo com a Ocean Conservancy, mais de 200 milhões de quilo de lixo já foram recolhidos pelo mundo desde o início do movimento. Em Portugal, só no ano passado, apesar da pandemia, foram recolhidas 19 toneladas em 130km de costa e em ações subaquáticas, com a participação de 1.250 voluntários. Inspirador, não?

Qualquer cidadão pode se tornar um promotor e liderar o Dia Internacional da Limpeza Costeira, mesmo que não esteja vinculado a nenhuma instituição ou movimento. E é mesmo muito simples:

  1. Chame a família e os amigos, essa é uma grande oportunidade para se conectar enquanto fazem bem ao planeta.
  2. Escolha o seu sítio preferido, lembrando que até mesmo o lixo que recolhemos da rua e dos parques terão um dia os oceanos como destino.
  3. Sacos de lixo, máscara, luvas, uma garrafa de água e… mãos à obra!

Se quiser contribuir com dados para as pesquisas da Ocean Conservancy, pode também instalar no telemóvel a app Clean Swell, que vai guardar o seu progresso na coleta de lixo de forma simples e divertida. Onde quer que esteja, os dados serão instantaneamente enviados à base de dados e podem fornecer insights a pesquisadores e formuladores das políticas ambientais.

Com a app pode:

  • Registar cada item de lixo que coletar;
  • Compartilhar com amigos via e-mail e redes sociais os resultados e impactos da sua limpeza;
  • Acompanhar a distância total da sua limpeza;
  • Ver o peso total que coleta;
  • Manter um registo histórico dos seus esforços de limpeza;
  • Contribuir para soluções para o problema do lixo oceânico, fornecendo dados a um banco de dados global que ajuda a identificar tendências de lixo;
  • Aprender factos científicos sobre o impacto do lixo nos animais marinhos e o que mais pode fazer para ajudar.

Não só neste dia 18, não só anualmente, mas também na sua rotina diária pode fazer uma grande diferença no planeta. Fale sobre e isso com os seus filhos, sua família e amigos, e leve-os consigo nessa jornada!

Leia mais

Second Hand September – um compromisso de longo prazo

Conheça os impactos ambientais das fibras têxteis mais usadas

ABC DA MODA SUSTENTÁVEL

Options